João Souza derrota checo e avança no quali do US Open

Nesta quinta, tenista de Mogi enfrenta o italiano Gianluca Naso

AE, Agência Estado

24 de agosto de 2011 | 21h55

NOVA YORK - O tênis do Brasil tem mais uma representante com chances de classificação no torneio qualificatório do US Open, o quarto e último Grand Slam da temporada, que é realizado em Nova York. Nesta quarta-feira, dois brasileiros fizeram a sua estreia e apenas um - João Souza, o Feijão - avançou à segunda rodada e se juntou a Rogério Dutra Silva, que havia ganhado na última terça.

Contra o checo Jan Mertl, Feijão teve que suar muito para ganhar de virada por 2 sets a 1 - com parciais de 4/6, 6/4 e 6/2. Nesta quinta, o brasileiro volta a quadra para enfrentar o italiano Gianluca Naso, que na estreia bateu o compatriota Thomas Fabbiano.

Quem desperdiçou a chance de seguir no US Open foi o paulista Ricardo Hocevar. Com um jogo muito irregular, foi facilmente batido pelo australiano Carsten Ball por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1.

Nesta quinta, além de João Souza, Rogério Dutra Silva entra em quadra para enfrentar o espanhol Adrian Menendez-Maceiras. Para chegar à chave principal do Grand Slam, é preciso vencer três partidas do torneio qualificatório.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.