João Souza desiste e Ricardo Mello avança em Brasília

Para chegar à decisão, ele terá pela frente o argentino Horacio Zeballos, terceiro favorito da competição

Agencia Estado

14 de agosto de 2009 | 21h43

Ricardo Mello, 223.º do ranking, avançou para a semifinal do Challenger de Brasília nesta sexta-feira sem entrar em quadra. O compatriota João 'Feijão' Souza não se recuperou da torção no tornozelo direito, sentida na quinta-feira, e desistiu do confronto de quartas de final contra Mello.

A lesão de João Souza ocorreu na vitória nas oitavas de final contra o brasileiro Caio Zampieri, em um confronto de quase três horas vencido no tie break do terceiro set, parciais de 5/7, 7/6 (5) e 7/6 (5).

Agora, para chegar à final, Mello terá pela frente o argentino Horacio Zeballos, terceiro favorito da competição, que arrasou o uruguaio Marcel Felder por 2 a 0, ao fazer 6/1 e 6/2.

Ainda nesta sexta-feira, o argentino Juan Ignacio Chela derrotou o equatoriano Giovanni Lapentti por 2 a 0 (6/1 e 7/5) e enfrenta o chileno Nicolas Massu, que passou pelo neozelandês Daniel King-Turner por 2 a 0 (6/2 e 7/5).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.