João Pires/EFE
João Pires/EFE

John McEnroe conquista título do Torneio Rio Champions

Norte-americano supera na decisão o compatriota Jim Courier por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3

Agencia Estado

15 de março de 2009 | 18h59

O Torneio Rio Champions coroou o tenista mais vezes campeão na sua trajetória profissional. John McEnroe ganhou de forma invicta a competição e embolsou US$ 54 mil em premiação. Irreverente e explosivo como nos velhos tempos, o norte-americano disputou o título contra o compatriota Jim Courier e venceu por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/3.

Nem mesmo a diferença de idade para o segundo colocado - 13 anos mais velho - foi capaz de fazer a diferença na quadra. Vislumbrando a participação no próximo ano, McEnroe mostrou seu lado engraçado ao comentar sobre a possível participação do maior tenista brasileiro de todos os tempos na competição em 2010.

"Quero jogar com o Guga. Gostaria de vê-lo nesse torneio no próximo ano para poder enfrentá-lo. Pode ser numa quadra de saibro. Ou melhor, no saibro, não", disse o tenista de 50 anos, reconhecendo a qualidade do catarinense nesse tipo de piso.

Depois de 30 anos sem visitar o Brasil, McEnroe mostrou que o saque e o voleio continuam sendo suas qualidades mais positivas. O ponto alto da disputa pelo título ficou por conta da ausência de reclamações do tenista que fez de suas reivindicações uma marca.

Na disputa pelo terceiro lugar, melhor para Pat Cash que derrotou Jimmy Arias. O tenista australiano, que aproveitou sua estada no Rio de Janeiro para visitar pontos turísticos, venceu por 2 sets a 0 o norte-americano. O primeiro set foi mais disputado e Cash fechou em 7 a 6.

No segundo set, a partida foi mais cadenciada e Cash venceu por 6 a 3. Além de curtir as belezas da cidade do Rio de Janeiro, Pat Cash engordou sua conta bancária com a premiação de US$ 22 mil.

"O torneio está muito bem organizado. O público foi bom, considerando que foi a primeira vez que o evento veio ao Rio de Janeiro. Com certeza da próxima vez teremos casa cheia, porque o torneio será falado", disse o ex-quarto colocado do ranking da ATP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.