Kirsty Wigglesworth/AP
Kirsty Wigglesworth/AP

Juan Martin del Potro desiste de participar do Rio Open, às vésperas de aposentadoria do tênis

Informação foi divulgada pelo argentino nas redes sociais. Ex-número 3 do mundo comentou no último final de semana sobre iminente despedida das quadras

Redação, Estadão Conteúdo

11 de fevereiro de 2022 | 14h35

A organização do Rio Open, um ATP 500 que terá início neste sábado com a disputa do qualifying, anunciou nesta sexta-feira que o tenista argentino Juan Martín del Potro desistiu de participar do torneio sediado no complexo de quadras do Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro.

"Infelizmente não disputará o Rio Open. Sempre foi um sonho tê-lo com a gente e chegamos muito perto de poder realizá-lo", indicou os organizadores, através de uma postagem no Twitter. "Desejamos muito sucesso no futuro e saiba que as portas do Rio Open sempre estarão abertas para você, @delpotrojuan", completou a publicação.

O ex-número 3 do mundo, que informou no último fim de semana sobre o retorno ao circuito profissional e o iminente adeus das quadras, perdeu na última terça-feira para o compatriota Federico Delbonis na estreia do ATP 250 de Buenos Aires, na Argentina. Depois de uma grave lesão no joelho direito, essa foi a primeira partida oficial de Del Potro desde junho de 2019.

O convite que foi dado ao argentino foi repassado ao promissor chinês Juncheng Shang, atual número 2 do juvenil. Ele herda o lugar de Del Potro por fazer parte do programa de apoio de jovens tenistas da IMG, dona da competição.

O Rio Open terá início neste sábado com as partidas do qualifying. Dois dias depois começará a disputa da chave principal, que conta com o italiano Matteo Berrettini e o norueguês Cásper Ruud, sétimo e oitavo do ranking da ATP, respectivamente. Outros nomes de destaque são o argentino Diego Schwartzman (13.º) e o chileno Cristian Garín (19.º).

Tudo o que sabemos sobre:
Juan Martín del PotrotênisRio Open

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.