Júlio Silva bate argentino e avança no qualifying do US Open

Brasileiro ganha por 2 sets a 0 e agora só precisa de mais uma vitória para entrar na chave principal

23 de agosto de 2007 | 20h07

Júlio Silva é o único tenista brasileiro que ainda tem chances de disputar o US Open, o quarto e último torneio do Grand Slam, que começa na semana que vem, em Nova York. Ele passou nesta quinta-feira para a terceira rodada do qualifying e depende apenas de mais uma vitória para entrar na chave principal. No jogo desta quinta, Júlio Silva ganhou do argentino Juan Pablo Brzezicki por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/5. Antes, na primeira rodada do qualifying, ele já tinha derrotado o alemão Denis Gremelmayr. Agora, o paulista irá enfrentar o belga Steve Darcis, que eliminou também nesta quinta o checo Jan Minar, por 6/3 e 6/1. Enquanto isso, o outro tenista brasileiro que chegou à segunda rodada do qualifying do US Open não teve a mesma sorte. Rogério Dutra Silva perdeu para o paquistanês Aisam-Ul-Haq Qureshi, por 6/4 e 6/1, e foi eliminado do torneio.

Mais conteúdo sobre:
Júlio SilvaUS Open

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.