Júlio Silva e Hocevar avançam em Belo Horizonte

Tenistas confirmam o favoritismo no saibro da capital mineira e garantem vaga nas quartas de final

AE, Agência Estado

15 de setembro de 2010 | 23h14

Os principais tenistas brasileiros que permanecem na disputa do Challenger de Belo Horizonte avançaram às quartas de final nesta quarta-feira. Júlio Silva, oitavo cabeça de chave no saibro da capital mineira, e Ricardo Hocevar venceram seus jogos contra compatriotas pelas oitavas.

Único brasileiro entre os favoritos a avançar além da estreia, Júlio Silva derrotou Fernando Romboli por 2 sets 1, com parciais de 6/2, 2/6 e 6/3. Na próxima fase, o tenista encara o também brasileiro Rodrigo Guidolin, que sofreu para vencer o chileno Jorge Aguilar, quarto cabeça, por 2 a 1, com parciais de 7/6 (7/2), 3/6 e 7/6 (7/5).

Hocevar não teve tantas dificuldades para bater André Miele por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/2. Nas quartas, ele pega o argentino Facundo Arguello, que já havia eliminado o sexto favorito Caio Zampieri na estreia e também venceu pelas oitavas o sueco Christian Lindell por 2 a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/2).

Nos outros confrontos das quartas, o brasileiro Leonardo Kirche enfrentará o argentino Facundo Bagnis, que contou com a desistência do chileno Paul Capdeville, sétimo favorito, para avançar. Já Rogério Dutra da Silva joga contra o argentino Marco Trungelliti.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.