Geert Vanden Wijngaert/AP
Geert Vanden Wijngaert/AP

Justine Henin anuncia aposentadoria do tênis pela segunda vez

Belga de 28 anos alega contusão no cotovelo e abandona a carreira profissional

AE, Agência Estado

26 de janeiro de 2011 | 13h56

A belga Justine Henin, ex-número do ranking mundial da WTA, anunciou nesta quarta-feira, pela segunda vez na carreira, a sua aposentadoria do tênis profissional. Alegando uma lesão no cotovelo, a tenista de 28 anos resolveu parar novamente. "Meu cotovelo é tão frágil e dói tanto que minha paixão e minha profissão em um alto nível não pode continuar a existir", disse Henin em uma declaração divulgada por seu site oficial.

O anúncio de sua nova aposentadoria acontece apenas cinco dias depois de ter sido eliminada na terceira rodada do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada, pela russa Svetlana Kuznetsova por 2 sets a 0 - com parciais de 6/4 e 7/6 (10/8).

Na carreira, Justine Henin chegou à 61 finais de torneios e conquistou 43 títulos - sendo 7 Grand Slams (quatro vezes em Roland Garros, duas no US Open e uma no Aberto da Austrália). A belga conseguiu terminar três temporadas como a número 1 do mundo (2003, 2006 e 2007). Em maio de 2008, ainda como a melhor do ranking mundial, decidiu se aposentar por questões pessoais.

Sua volta ao circuito profissional aconteceu 20 meses depois, justamente no início da temporada de 2010. E logo de cara conseguiu chegar à decisão do Aberto da Austrália - foi derrotada pela norte-americana Serena Williams. Participou de vários torneios e terminou o ano na 12.ª colocação. Nesta quarta, quando anunciou sua segunda aposentadoria, Henin ocupa o 13.º lugar na lista da WTA.

Tudo o que sabemos sobre:
Justine Henintênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.