Jayne Kamin_oncea/USA Today
Jayne Kamin_oncea/USA Today

Kasatkina confirma favoritismo, vence tunisiana e conquista o Torneio de Moscou

Atual 14ª colocada do mundo, a jovem de 21 anos subirá duas posições no ranking da WTA e tem reais chances de entrar no Top 10 pela primeira vez no final do ano

Estadão Conteúdo

20 Outubro 2018 | 14h14

A russa Daria Kasatkina confirmou o favoritismo neste sábado ao derrotar a tunisiana Ons Jabeur e, em casa, conquistar o Torneio de Moscou. Cabeça de chave número 6, a Kasatkina levou o troféu ao vencer de virada a tunisiana que veio do qualifying por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 7/6 (7/3) e 6/4, após 2h05 de partida.

Kasatkina se junta a ilustres tenistas russas que já venceram o torneio em seu país, como Anastasia Myskina (2003/2004), Anna Chakvetadze (2006), Elena Dementieva (2007), Anastasia Pavlyuchenkova (2014) e Svetlana Kuznetsova (2015/2016).

Atual 14ª colocada do mundo, a jovem de 21 anos subirá duas posições no ranking da WTA e tem reais chances de entrar no Top 10 pela primeira vez no final do ano, dependendo do resultado do WTA Elite Trophy.

Em quadra, Kasatkina começou mal, um pouco dispersa, tanto que, apesar de quebrar o saque da rival logo no primeiro game do jogo, acabou sendo dominada pela tunisiana número 101 do mundo e perdendo o primeiro set.

No entanto, a russa não demorou a se impor e reagiu, aproveitando as chances que a adversário concedeu depois de ficar atrás no placar. O segundo set, apertado, foi decidido no tie-break. Kasatkina cresceu na hora decisiva, venceu o tie-break por 7 a 3 e empatou a partida.

No set derradeiro, a russa, apoiada pela força da arquibancada, teve vida mais tranquila. Apesar de alguns vários erros não forçados e de ter perdido um match-point, a russa levou vantagem em cima dos vacilos da rival e fechou o set em 6/4 e o jogo para faturar o título em casa.

LUXEMBURGO - Em Luxemburgo, o favoritismo também prevaleceu. A alemã Julia Görges, cabeça de chave número 1 do torneio, venceu, mesmo sem muita inspiração, a suíça Belinda Bencic por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5 para conquistar seu sexto título na carreira.

Número 9 do mundo, Görges desempatou o histórico de confronto direto com a Bencic, atual 47ª colocada no ranking da WTA. Agora, são duas vitórias para a alemã, que levou para a casa seu segundo título nesta temporada, contra uma da suíça.

 

 

Mais conteúdo sobre:
tênisDaria KasatkinaOns Jabeur

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.