Tim Ireland/AP
Tim Ireland/AP

Kerber atropela Ostapenko e vai à final de Wimbledon pela segunda vez

Tenista alemã vence em dois sets com um duplo 6/3 e aguarda adversária entre Julia Goerges e Serena Williams

Estadão Conteúdo

12 Julho 2018 | 10h30

A alemã Angelique Kerber não tomou conhecimento de Jelena Ostapenko e garantiu vaga na decisão de Wimbledon sem maiores dificuldades. Nesta quinta-feira, a ex-número 1 do mundo precisou de somente 1h08min de partida para fazer 2 sets a 0 na letã, com duplo 6/3, e ir à final do Grand Slam inglês pela segunda vez na carreira.

+ Em jogo épico de quase 5h, Nadal vence Del Potro e pegará Djokovic

Atual número 10 do mundo, Kerber vai em busca de seu terceiro título de Grand Slam na carreira. Ela foi campeã do Aberto da Austrália e do US Open em 2016, mesmo ano em que chegou à única decisão de Wimbledon da carreira. Na ocasião, porém, acabou derrotada pela norte-americana Serena Williams, que pode ser novamente sua adversária na final desta temporada.

A volta à decisão também representa uma temporada de retomada para Kerber, após um ano para esquecer em 2017, quando teve a ida à quarta rodada na Austrália e em Wimbledon como melhores resultados em torneios de Grand Slam. Em 2018, já havia ido às semifinais na Austrália e às quartas em Roland Garros.

Para vencer nesta quinta, a alemã tornou fácil um jogo que parecia complicado, afinal, enfrentava a número 12 do ranking. Desde o primeiro ponto, ela tomou conta da partida e soube alternar bem os golpes potentes com uma boa defesa quando foi incomodada por Ostapenko.

O começo até foi equilibrado e o jogo transcorreu sem quebras até o sétimo game, quando Kerber pulou na frente em fez 4 a 3. A alemã, então, confirmou seu saque e buscou uma nova quebra para garantir a vantagem.

Na segunda parcial, Ostapenko se mostrou desanimada e Kerber aproveitou para disparar. Com quebras no segundo e no sexto games, abriu 5 a 1 e sacou para fechar a partida. A letã, então, acordou, aproveitou um break point e chegou a ter a chance de buscar nova quebra no nono game, mas viu a alemã confirmar o saque e o triunfo.

Agora, Kerber espera para conhecer sua adversária na decisão deste sábado. A tenista vai encarar quem passar do confronto entre sua compatriota Julia Görges, 13.ª colocada do ranking, e a norte-americana Serena Williams, número 181 do mundo.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.