Mic Smith/AP
Mic Smith/AP

Keys bate Wozniacki e leva título em Charlestone; Muguruza é bicampeã no México

Tenista norte-americana levou a melhor por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/3

Redação, Estadão Conteúdo

07 de abril de 2019 | 22h46

A norte-americana Madison Keys desbancou o favoritismo da dinamarquesa Caroline Wozniacki ao vencer a adversária por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/3, neste domingo, e faturou o título do Torneio de Charleston, nos Estados Unidos.

Cabeça de chave número 8 da competição e atual 18º tenista do mundo, Keys superou a jogadora da Dinamarca pela primeira vez no circuito da WTA, depois de ter sido derrotada pela rival no US Open de 2016 e no Torneio de Indian Wells de 2017, em dois eventos também realizados em solo norte-americano.

Essa, porém, foi a primeira vez que elas mediram forças em uma quadra de saibro, na qual a tenista dos EUA levou a melhor após 1h46min de equilibrada partida com a ex-número 1 do mundo e hoje 13ª colocada do ranking da WTA.

Esse foi o quarto troféu conquistado por Keys na elite profissional feminina do tênis, sendo que em 2015 ela havia sido vice-campeã em Charleston ao ser batida na decisão pela alemã Angelique Kerber. Já Wozniacki fracassou em sua tentativa de ganhar a sua 31º taça de simples nesta que foi a sua terceira participação da final desta competição. Anteriormente, ela ficou com o título em Charleston em 2011, depois de ter amargado um outro vice-campeonato no torneio em 2009.

MONTERREY

Em outra decisão do tênis feminino realizada neste domingo, a espanhola Garbiñe Muguruza teve bem menos trabalho para se sagrar bicampeã do Torneio de Monterrey. Atual detentora do título do evento realizado em quadras duras no México, ela voltou a ficar com a taça ao contar com a desistência da bielo-russa Victoria Azarenka, por motivo de lesão, quando vencia o segundo set por 3 a 1.

Antes disso, a atual 19ª colocada do ranking mundial já havia arrasado a adversária por 6/1 na primeira parcial. Azarenka, que já foi número 1 da WTA e hoje ocupa a 67ª posição, alegou dores na panturrilha da perna esquerda para abandonar a partida.

Esse foi o sétimo título de simples obtido por Muguruza no circuito profissional, enquanto a jogadora da Bielo-Rússia almejava o seu 21º troféu. E ela havia levado a melhor no único confronto anterior entre as duas, realizado em 2016, no Torneio de Miami.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.