Arquivo/AE
Arquivo/AE

Kim Clijsters coloca fim à aposentadoria e anuncia retorno

'A fome está de volta, e estou ansiosa para este desafio', revelou a belga, de 25 anos, ex-número 1 do ranking

AE-AP, Agencia Estado

26 de março de 2009 | 08h58

Quase dois anos depois de anunciar sua aposentadoria, a belga Kim Clijsters voltará ao circuito profissional de tênis. Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, na cidade de Bree, a jogadora, de 25 anos, disse que está pronta para retornar às competições ainda nesta temporada.

Veja também:

linkKim Clijsters não vê problemas em ser mãe e jogar tênis

"A fome está de volta, e estou ansiosa para este desafio", afirmou Clijsters, que confirmou já ter pedido convites para o torneio de Cincinnati e o US Open, onde conquistou seu único título de Grand Slam, em 2005.

A ex-número 1 do ranking tentou evitar previsões sobre quando poderá voltar a jogar em alto nível. Mas não escondeu uma dose de otimismo. "Vou encarar jogo a jogo. Quero estar no ápice o quanto antes."

Clijsters está fora das quadras desde maio de 2007. Desde então, ela casou-se com o jogador de basquete Brian Lynch e teve uma filha, Jada, nascida em fevereiro do ano passado.

Nos últimos meses, a belga anunciou que disputaria uma série de partidas de exibição neste ano. No dia 17 de maio, ela enfrentará a alemã Steffi Graf na série de jogos de inauguração do teto retrátil de Wimbledon. Em junho, desafiará a holandesa Michaella Krajicek, no Torneio de Rosmalen.

Profissional durante quase dez anos, Clijsters conquistou 34 títulos de simples e 11 de duplas no circuito. Ela faturou mais de US$ 14 milhões em prêmios, e foi duas vezes campeã do Masters feminino, em 2002 e 2003.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.