Kirmayr sofre infarto mas passa bem

O ex-tenista Carlos Alberto Kirmayr sofreu um infarto, mas segundo informações do Hospital Barra Dor, no Rio, passa bem e pode deixar ainda nesta quinta-feira a Unidade de Terapia Intensiva. Kirmayr começou a sentir-se mal no terça-feira, quando deixou o Clube Marapendi, na Barra, onde é coordenador de tênis, e foi sozinho para casa. Avisou a família e internou-se, quando foi constatado o infarto pelos médicos.Kirmayr, de 52 anos, viveu o auge de sua carreira nos anos 80. O tenista chegou a ocupar o 33º lugar do ranking mundial. Compensava a baixa estatura (1,73 m) com habilidade e muita agilidade. Uma de suas principais vitórias foi sobre John McEnroe no torneio de Forest Hills, nos Estados Unidos, dois meses antes de o norte-americano conquistar seu primeiro título de Wimbledon, em 1981.Além disso, Kirmayr representou o Brasil na Copa Davis por 14 anos consecutivos, obtendo 34 vitórias. Encerrou carreira em 1986 e passou a técnico. Treinou estrelas como a argentina Gabriela Sabatini, o francês Cédric Pioline e a espanhola Arantxa Sánchez. Atualmente dirige a Kirmayr Esportes, empresa especializada em clínicas e cursos de tênis, além de encabeçar o departamento da Confederação Brasileira de Tênis que cuida da formação de professores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.