Kohlschreiber bate francês e pega Novak Djokovic em Paris

Kohlschreiber bate francês e pega Novak Djokovic em Paris

O número 24 do ranking fica frente a frente com o campeão sérvio após derrotar Vasselin facilmente por 2 sets a 0

Estadão Conteúdo

27 de outubro de 2014 | 16h41

A primeira rodada do Masters 1000 de Paris definiu nesta segunda-feira o adversário do número 1 do mundo e atual campeão Novak Djokovic. O sérvio estreará no torneio diante do alemão Philipp Kohlschreiber, 24.º do ranking, que passou com facilidade pelo francês Edouard Roger-Vasselin por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1, em pouco mais de uma hora de partida.

Esta será a primeira partida de Djokovic desde que Stefan, seu primeiro filho, nasceu há cinco dias. Para acompanhar o nascimento, o número 1 do mundo não disputou torneios na semana passada. Agora, ele terá a responsabilidade de defender seus pontos no ranking conquistados com o título do ano passado.

Quem já perdeu esta oportunidade foi o polonês Jerzy Janowicz. Surpresa em 2013, quando foi vice-campeão em Paris, o tenista de 23 anos e 42.º do ranking perdeu de virada logo na estreia para o norte-americano Sam Querrey. O número 38 do mundo avançou ao fazer 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (5/7), 6/2 e 6/4, e pegará na segunda rodada o espanhol Feliciano López, 12.º cabeça de chave.

Outro que caiu logo na estreia foi o russo Mikhail Youzhny, derrotado pelo colombiano Santiago Giraldo por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4. O espanhol Pablo Andujar foi surpreendido pelo norte-americano Jack Sock e também foi eliminado, ao ser atropelado em dois sets, com duplo 6/1.

Ainda nesta segunda, o espanhol Fernando Verdasco passou em três sets pelo norte-americano Donald Young, com parciais de 4/6, 6/1 e 6/3. O austríaco Jurgen Melzer derrotou o espanhol Guillermo Garcia-Lopez, enquanto seu compatriota Dominic Thiem bateu o ucraniano Alexandr Dolgopolov e Adrian Mannarino levou a melhor no duelo de franceses com Pierre-Hugues Herbert.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.