Clive Brunskill/AFP
Clive Brunskill/AFP

Kuznetsova derruba Pliskova e faz final russa contra Vesnina em Indian Wells

Experiente tenista busca primeiro título do torneio norte-americano na carreira

Estadão Conteudo

18 de março de 2017 | 09h58

O Torneio de Indian Wells, um dos mais importantes deste início de temporada, terá uma final completamente russa neste domingo. Svetlana Kuznetsova e Elena Vesnina vão se enfrentar na quadra rápida da competição norte-americana, após eliminarem a checa Karolina Pliskova e a francesa Kristina Mladenovic, respectivamente.

Pliskova, atual número 3 do mundo e tenista mais bem ranqueada das semifinais, fez um duelo duro com Kuznetsova. Ambas faturaram três quebras de saque na partida, que precisou ter seus dois sets resolvidos em tie-breaks. Nos dois casos, a tenista russa saiu na frente e manteve a vantagem até fechar as disputas pelo placar de 7/6 (7/5) e 7/6 (7/2), definindo o jogo após quase duas horas.

Na outra semifinal, Vesnina teve mais facilidade para vencer. A russa bateu Kristina Mladenovic por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4. A vencedora da partida chegou a sofrer três quebras de saque ao longo do jogo, mas a rival francesa não soube aproveitar suas chances no duelo.

Svetlana Kuznetsova vai disputar neste domingo sua terceira final em Indian Wells, ainda em busca do seu primeiro triunfo no torneio. A russa mira seu primeiro troféu da temporada e o 18º da carreira. Vesnina, por sua vez, disputará sua primeira decisão em Indian Wells, em busca do terceiro título da carreira - ainda não foi campeã neste ano.

No retrospecto entre as duas tenistas, as duas estão empatadas, com uma vitória para cada lado. Mas quando jogaram em piso rápido, em Dubai, em 2009, Vesnina levou a melhor. Kuznetsova faturou seu triunfo sobre a compatriota em 2014, no saibro.

Tudo o que sabemos sobre:
Tênistênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.