Kvitova avança com dificuldades e Wozniacki vence fácil em Roland Garros

A checa Petra Kvitova enfrentou mais dificuldades do que se imaginava, mas conseguiu avançar na sua partida de estreia em Roland Garros. Nesta terça-feira, a número 4 do mundo superou a neozelandesa Marina Ekarovic, 82ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/4.

Estadão Conteúdo

26 de maio de 2015 | 11h00

Kvitova fez três aces no duelo, um a mais do que Ekarovic. Além disso, cometeu mais erros não-forçados - 47 a 33 -, mas também conseguiu mais winners - 38 a 24 - do que a neozelandesa. O duelo também teve muitas quebras de serviço - 12, sendo seis para cada tenista -, mas foi a checa quem se deu melhor.

Campeã em Madri no giro europeu em quadras de saibro, Kvitova tem as semifinais de 2012 como melhor campanha em Roland Garros. Na segunda rodada, a checa terá pela frente a espanhola Silvia Soler-Espinosa, número 74 do mundo, que passou pela francesa Pauline Parmentier (6/4 e 6/3).

Já a dinamarquesa Caroline Wozniacki teve bem menos trabalho no seu jogo de estreia em Roland Garros. A número 5 do mundo derrotou a italiana Karin Knapp, 42ª colocada no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/0, e superou o trauma do ano passado, quando foi eliminada logo na primeira rodada.

Wozniacki conseguiu cinco quebras de serviço no duelo e se aproveitou do excesso de erros não-forçados da italiana - 50, contra apenas nove seus - para triunfar, ainda que adversária tenha conseguido 29 winners, diante dos seis da dinamarquesa. Na segunda rodada, Wozniacki terá pela frente a alemã Julia Goerges, número 72 do mundo, que derrotou a norte-americana Coco Vanderweghe (6/2, 5/7 e 6/1).

Número 18 do mundo, a russa Svetlana Kuznestova bateu a holandesa Kiki Bertens (90ª) por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 4/6 e 6/2, no seu jogo de estreia em Paris. A casaque Zarina Diyas (32ª) e a checa Tereza Smitkova (71ª) também avançaram para a segunda rodada de Roland Garros nesta terça-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.