Peter Parks/AFP
Peter Parks/AFP

Kvitova festeja vice-campeonato no Aberto da Austrália e emociona o público

Tenista checa enaltece taça e relembra ataque sofrido em 2016, durante assalto a sua casa

Redação, Estadão Conteúdo

26 Janeiro 2019 | 10h45

Petra Kvitova emocionou o público presente à final do Aberto da Austrália, após sua derrota, neste sábado, na final para a japonesa Naomi Osaka. "Não acredito que disputei mais uma final de Grand Slam. Agradeço minha equipe e minha família por não terem me abandonado sem saberem se eu voltaria um dia a segurar uma raquete de tênis", disse a checa, relembrando o fato de quase largar o esporte em 2016, após sofrer graves ferimentos na mão durante um assalto a sua casa.

Kvitova também elogiou Osaka e o seu desempenho na final e em todo o torneio. "Você merece o primeiro lugar no ranking." Ela também demonstrou toda a sua alegria pelo vice-campeonato, que vai garantir a ela o segundo posto de segundo melhor do mundo. "Eu tenho o maior orgulho em segurar este troféu."

Kvitova exigiu grande preparo emocional de Osaka durante as 2h27min de jogo. Em um grande duelo, no qual também teve chances de vencer, Kvitova volta a recuperar um merecido lugar de destaque.

Aos 28 anos, a canhota Kvitova disputou a sua primeira final de Grand Slam, desde 2014, quando ganhou o segundo título em Wimbledon. De 2016 para cá, a tenista ganhou seis torneios.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.