Kyrgios bate Goffin em Tóquio e deve atingir seu melhor ranking

De virada, australiano venceu o belga por 2 sets a 1 no Japão

Estadão Conteúdo

09 Outubro 2016 | 09h48

Aos 21 anos, Nick Kyrgios está cada vez mais perto de chegar ao Top 10 do ranking mundial. O australiano deu mais um passo importante neste sentido ao ganhar, neste domingo, o título do Torneio de Tóquio, um ATP 500 jogado na capital japonesa. Na decisão, ele venceu o belga David Goffin por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 5/6, 6/3 e 7/5.

O título é o terceiro da carreira do jovem tenista e também o terceiro vencido este ano, sempre em piso rápido. Antes, ele havia sido campeão em Marselha, na França, e também em Atlanta, nos Estados Unidos, ambos torneios ATP 250. Ou seja: a conquista deste domingo é a maior da curta trajetória profissional de Kyrgios, que só perdeu uma final até hoje, em Estoril (Portugal), no ano passado.

Com os 500 pontos que vai ganhar, Kyrgios subirá uma posição no ranking da ATP a ser divulgado na segunda-feira, para o 14.º lugar, praticamente colocado no francês Jo Wilfried Tsonga e também no próprio David Goffin, que vai ganhar duas posições e subir para 12.º.

Na final deste domingo, durante duas horas de jogo, Kyrgios fez valer a força do seu saque, marcando 25 aces contra sete do belga. O duelo quase não teve quebras, apesar de um total de 25 break points.

No primeiro set, o único que conseguiu converter um break point foi Goffin, para abrir 1 a 0. No segundo, Kyrgios salvou seu saque cinco vezes e conseguiu a quebra em uma das suas duas únicas tentativas. Já no terceiro, foi Goffin que se safou cinco vezes. Na única vez que não resistiu, acabou perdendo o jogo.

Mais conteúdo sobre:
atp Nick Kyrgios David Goffin

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.