Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Nicolas Asfouri/AFP Photo
Nicolas Asfouri/AFP Photo

Kyrgios despacha Zverev e será adversário de Nadal na final em Pequim

Australiano levou a melhor por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5 em 1h17min de jogo

Estadão Conteúdo

07 de outubro de 2017 | 13h10

Mais uma vez o australiano Nick Kyrgios levou a melhor sobre o alemão Alexander Zverev no duelo das jovens promessas do circuito masculino de tênis. Na semifinal do Torneio de Pequim, o 19º do ranking venceu o 4º por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5, em apenas 1h17min de duelo.

+ Francesa surpreende Kvitova e encara Halep na final de Pequim

+ Francês elimina Cilic e encara Goffin na final do Torneio de Tóquio

+ Nadal derrota Dimitrov em Pequim e disputa 110ª final da carreira

+ Em revanche, Halep vence Ostapenko em Pequim e vai virar nova nº 1 do mundo

Na final, Kyrgios enfrentará o espanhol Rafael Nadal, atual número 1 do mundo e principal favorito ao título na competição chinesa, de nível ATP 500. Será o desempate entre os dois tenistas, que têm duas vitórias cada no retrospecto direto. Nadal venceu o búlgaro Grigor Dimitrov por 2 sets a 1, mais cedo.

Para chegar à final, Kyrgios precisou superar novamente neste ano Zverev. E o tenista de 22 anos não aliviou contra o rival de apenas 20. Foram 11 aces (contra nenhum do alemão) e 87% de aproveitamento quando jogou com o primeiro serviço. Neste ritmo, só teve o saque ameaçado por uma vez, mas salvou o break point.

Para vencer, o tenista da Austrália faturou duas quebras de saque, uma em cada set. Foi a terceira vitória de Kyrgios sobre o rival, que venceu apenas uma partida no retrospecto. Todos os quatro confrontos entre os dois jovens atletas foram disputados na atual temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.