Edison Vara/Reuters
Edison Vara/Reuters

Lapentti vence e mantém Brasil fora da elite da Davis

Equatoriano derrota Marcos Daniel por 3 sets a 2 e acaba com o sonho brasileiro de retornar ao Grupo Mundial

AE, Agencia Estado

20 de setembro de 2009 | 22h01

O Brasil teve o seu retorno ao Grupo Mundial da Copa Davis adiado neste domingo pelo Equador. Neste domingo, em Porto Alegre, Marcos Daniel foi derrotado por Nicolas Lapentti por 3 sets a 2, com parciais de 6/4, 6/4, 1/6, 6/2 e 8/6, em 4 horas e 42 minutos. A última vez que o Brasil participou da elite da competição foi em 2003.  

 

Veja também:

especialTodas as notícias sobre a Copa Davis de tênis

Com o triunfo de Lapentti em um jogo duríssimo e emocionante, o Equador abriu 3 a 1 no confronto e o quinto jogo se tornou um amistoso de luxo. Presente nas três vitórias, Lapentti não escondeu a alegria por derrotar o Brasil em Porto Alegre. "É uma emoção muito grande. Estava muito cansado, mas isso é o bonito da Davis. A energia da equipe e do país. No final do quarto set, eu disse ao meu irmão que não ia perder", afirmou, em entrevista ao SporTV.

Lapentti começou a partida melhor e abriu 3/0, com duas quebras de serviço. Marcos Daniel ainda esboçou uma reação, conseguindo duas quebras, mas, mais consistente, o equatoriano venceu mais um game no saque do brasileiro, o que foi fundamental para fechar a parcial em 6/4.

Em vantagem, Lapentti manteve o domínio da partida no segundo set e chegou a abrir 5/1. Novamente Marcos Daniel tentou reagir, conseguiu uma quebra serviço, insuficiente, porém, para evitar o triunfo do equatoriano por 6/4.

Marcos Daniel reagiu no terceiro set e abriu 3/0 com facilidade. Agressivo, o brasileiro manteve o bom ritmo e conseguiu três aces no sétimo game para fechar a parcial em 6/1.

Empolgado, Marcos Daniel continuou melhor no quarto set. E com duas quebras de serviço no início abriu 4/0. Depois disso, o brasileiro precisou confirmar o seu serviço duas vezes para empatar o jogo com um triunfo por 6/2.

No quinto set, Lapentti quebrou o saque de Marcos Daniel no quarto game e levou o troco em seguida. Porém, o equatoriano conseguiu nova quebra no sexto game. No nono game, o brasileiro salvou três match points de Lapentti.

Sacando com 6/5 contra, Marcos Daniel conseguiu salvar um break point que daria a vitória ao equatoriano. O brasileiro, porém, não conseguiu resistir quando perdia por 7/6 e foi derrotado no quinto match point de Lapentti na partida, deixando o Brasil mais um ano fora do Grupo Mundial da Copa Davis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.