Larri garante não ter mágoas de Guga

No meio das crianças de seu instituto e mostrando muito bom humor, o técnico Larri Passos falou nesta terça-feira, em sua academia em Camboriú (SC), sobre o rompimento com Gustavo Kuerten. E admitiu que há um mês vinha discutindo a possibilidade de separação. Chegou a pensar em acompanhar o tenista apenas nos principais torneios, mas não houve acordo."O Guga tem 28 anos, é um cavalo maduro e tem ainda mais cinco anos de fôlego", disse Larri. "No saibro, ele ainda é imbatível." Procurando esconder qualquer mágoa, Larri Passos fez muitos elogios ao seu pupilo. "Nossas relações pessoais estão iguais", garantiu o treinador. Larri revelou que poderá treinar um outro tenista, desde que atenda o seu perfil. Contou ainda que dedicará mais tempo para o seu instituto, que cuida e dá aulas de tênis para mais de 60 crianças, mas teme ter algumas dificuldades. "O meu contrato de patrocínio está terminando e não sei como vai ficar", afirmou o treinador, que encerrou a entrevista com uma brincadeira. "Só tenho uma mágoa do Guga. Eu ensinei muita coisa para ele, mas ele nunca me ensinou a surfar."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.