Twitter/Copa Colsanitas
Twitter/Copa Colsanitas

Laura Pigossi ganha 86 posições no ranking da WTA; Iga Swiatek lidera

Brasileira, que conquistou o bronze na Olimpíada de Tóquio, alcançou a melhor classificação na carreira

Redação, Estadão Conteúdo

11 de abril de 2022 | 21h14

O vice-campeonato do WTA de Bogotá, na Colômbia, fez Laura Pigossi subir 86 posições no ranking. Agora, a brasileira passou de 212 para 126 do mundo (507 pontos), sua melhor colocação na carreira.

Já Beatriz Haddad, tenista nacional com melhor posição no ranking, perdeu duas posições e caiu para o 61º lugar (1.015), depois de ser eliminada em Bogotá logo na segunda rodada.

Carolina Meligeni permaneceu na posição 216 (313), enquanto Gabriela Cé subiu três lugares em relação à lista da semana passada, ocupando a 216ª colocação.

O primeiro lugar permanece pela segunda semana consecutiva com a polonesa Iga Swiatek (6.711), seguida pelo checa Barbora Krejcikova (4.975) e pela espanhola Paula Badosa (4.885).

MASCULINO

A disputa está apertada pelo primeiro lugar. O sérvio Novak Djokovic soma 8.420 pontos, em primeiro, seguido pelo russo Daniil Medvedev, dez pontos a menos. O alemão Alexander Zverev tem 7.195, em terceiro, enquanto o espanhol Rafael Nadal, em quarto, acumula 7.115.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.