Lesionada, Serena fica fora de torneios nos EUA e Kerber retomará topo do ranking

Tenista número 1 do mundo perderá duas competições disputadas em quadras duras

Estadao Conteudo

07 de março de 2017 | 22h26

A norte-americana Serena Williams anunciou oficialmente nesta terça-feira que cancelou a sua participação nos dois importantes torneios que serão realizados nos Estados Unidos neste mês, em Indian Wells e Miami, por causa de uma lesão no joelho esquerdo.

A tenista número 1 do mundo assim se tornará o grande desfalque destas duas competições disputadas em quadra dura, sendo que a sua ausência fará com que a alemã Angelique Kerber retome a liderança do ranking mundial feminino do tênis.

Atual vice-líder da WTA, Kerber está apenas 375 pontos atrás de Serena, sendo que a norte-americana irá perder 650 pontos na listagem por não defender a condição de atual vice-campeã em Indian Wells, cuja chave principal de simples começará a ser disputada nesta quinta-feira. Já a alemã foi eliminada já na estreia do evento em 2016 e por isso, mesmo que volte a cair precocemente, ficará ao menos 275 pontos à frente na tenista dos Estados Unidos.

Kerber, por sua vez, irá herdar o status de primeira cabeça de chave que pertencia à Serena em Indian Wells, onde a norte-americana precisaria avançar pelo menos até as semifinais para sustentar o topo do ranking mundial.

Por meio de um comunicado, Serena lamentou a sua ausência forçada dos dois importantes torneios norte-americanos, sendo que ela não joga no circuito profissional desde 29 de janeiro, quando derrotou a irmã mais velha, Venus Williams, na final do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam desta temporada. Antes disso, Serena jogou neste ano apenas no Torneio de Auckland, na Nova Zelândia, onde foi surpreendida nas oitavas de final.

"Tristemente, tenho de desistir do Torneio de Indian Wells e do Aberto de Miami", afirmou Serena, que depois justificou: "Não pude treinar por meus joelhos e me decepciona não poder estar jogando aqui. Seguirei em frente e continuarei sendo positiva. Estou ansiosa para voltar o quanto antes eu puder".

Tudo o que sabemos sobre:
TênistênisSerena Williams

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.