Líderes do ranking disputam a Davis

Com nove jogadores entre os dez primeiros do ranking mundial, sendo seis deles nos confrontos do Grupo Mundial, está semana o melhor do tênis vai estar na Copa Davis. O Brasil, aos trancos e barrancos, participa desta emocionante competição e já tem o time completo na Costa do Sauípe a espera do Paraguai, para os jogos de sexta-feira a domingo. Para compensar a ausência de Guga e Cia, o time brasileiro resolveu investir numa boa preparação, com uma estrutura completa para dar todo apoio ao capitão Carlos Chabalgoity. Nesta segunda-feira chegaria ao Sauípe o quarto jogador, o duplista Josh Goffi, que vai representar o Brasil ao lado de Marcos Daniel, Alexandre Simoni e Júlio Silva, com Leonardo Kirche, como reserva, além dos juvenis Thomaz Belucci e Pedro Campos. Há ainda o fisioterapeuta Ricardo Takahashi, a psicóloca Regina Brandão e uma nutricionista. Se o Brasil passar pelo Paraguai de Ramon Delgado, Francisco Rodrigues, Paulo Carvalho e Daniel Lopez, ganha vaga para o playoff de setembro, com chances de voltar ao Grupo Mundial. A ITF - Federação Internacional de Tênis - informou nesta segunda feira que o sorteio dos confrontos do playoff será no dia 13, em Londres. As maiores estrelas do tênis estarão nas quartas-de-final do Grupo Mundial. O número 1 do mundo, Roger Federer, defende a Suíça diante da França, enquanto o atual número 2, Andy Roddick, tenta levar os Estados Unidos para as semifinais, jogando diante da Suécia. A poderosa Espanha, de Juan Carlos Ferrero, Carlos Moya e a revelação Rafael Nadal espera fazer a festa em Maiorca diante da Holanda, enquanto a Argentina está com problemas: joga em quadra de carpete, na ainda fria cidade de Minsk, diante da Bielo Rússia de Max Mirnyi. Como se isso não bastasse, ainda há o risco de dois desfalques: Guillermo Coria e David Nalbandian, por lesões. Este último já teria sido inclusive substituido por Juan Mônaco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.