Wander Roberto/Inovafoto
Wander Roberto/Inovafoto

Lorenzi vai à final do Brasil Open após abandono de Haas

Tenista alemão sente dores no ombro e deixa o jogo no segundo set

Nathalia Garcia, Agência Estado

01 de março de 2014 | 14h37

SÃO PAULO - A participação do alemão Tommy Haas no Brasil Open acabou de maneira sofrida. Com dores no ombro direito, o cabeça de chave número 1 do torneio abandonou a semifinal diante do italiano Paolo Lorenzi neste sábado, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. O tenista de 35 anos tinha perdido o primeiro set e estava sendo derrotado no segundo por 3/2 quando anunciou a desistência da partida.

Melhor para o italiano. Lorenzi avançou para a sua primeira final na carreira e aguarda agora o vencedor do confronto entre o brasileiro Thomaz Bellucci e o argentino Federico Delbonis, que entram em quadra ainda neste sábado. O resultado também cravou a vitória do número 114 do mundo diante de seu rival melhor posicionado na lista da ATP - Haas é 12.º colocado no ranking.

As dores no ombro direito já tinham prejudicado o alemão nesta temporada, quando teve de abandonar o Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam do ano, em janeiro.

Neste sábado, os dois tenistas começaram o jogo fazendo cada um a sua parte. A primeira chance de quebra veio das mãos do italiano no sétimo game, que contou com a sorte ao ver a devolução do alemão bater na rede e sair para fora da quadra. Instantaneamente, Haas jogou a raquete no chão e, com dores no ombro, chamou o fisioterapeuta.

O jogo, então, foi paralisado para atendimento médico. Na volta, Lorenzi confirmou o serviço e abriu 5/3. Para ainda tentar levar a disputa adiante, o veterano alemão tirou a força do saque e evitou devoluções de direita. O adversário soube se aproveitar da fragilidade e conseguiu nova quebra, fechando a primeira parcial em 6/3.

A segunda parcial começou sofrida para Haas. E, no terceiro game, ele voltou a chamar o seu fisioterapeuta em quadra. O alemão ainda resistiu e tentou lutar contra a dor, mas estava além do que poderia aguentar. Quando perdia por 3/2, abandonou a partida e encerrou sua participação no Brasil Open.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisBrasil OpenTommy Haas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.