Dylan Buell/AFP
Dylan Buell/AFP

Luisa Stefani cai nas quartas de final nas duplas no US Open

Ao lado da norte-americana Hayley Carter, brasileira foi derrotada por dupla formada por Nicole Melichar e Yifan Xu

Redação, Estadão Conteúdo

07 de setembro de 2020 | 23h13

A tenista brasileira Luisa Stefani se despediu do US Open nesta segunda-feira. Ao lado da local Hayley Carter, ela foi derrotada pela também americana Nicole Melichar e pela chinesa Yifan Xu por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3. A dupla vitoriosa forma a parceria cabeça de chave número três da competição.

Com a queda, Stefani encerrou sua melhor participação num Grand Slam, parando na fase de quartas de final, logo em seu terceiro torneio deste nível. Neste ano, no Aberto da Austrália, avançou até as oitavas de final. E, em 2019, caiu logo na rodada de abertura em Roland Garros.

Stefani e Carter vinham embaladas nesta retomada do circuito. Antes do US Open, foram campeãs do Torneio de Lexington, também nos Estados Unidos. Mesmo eliminada nesta segunda, a duplista igualou um resultado histórico para o Brasil, que não chegava nesta fase de um Major desde 1982, quando Patrícia Medrado e Cláudia Monteiro caíram nas quartas de Wimbledon.

Na chave feminina de simples, a búlgara Tsvetana Pironkova, uma das surpresas deste US Open, venceu mais uma. Ela disputa seu primeiro torneio desde 2017, quando se afastou do circuito para ter um filho. Nesta segunda, ela derrubou a francesa Alize Cornet por 2 a 1, com parciais de 6/4, 6/7 (5/7) e 6/3.

A tenista da Bulgária já deixou pelo caminho a espanhola Garbiñe Muguruza, dona de dois títulos de Grand Slam e vice-campeã na Austrália, em janeiro. Agora terá pela frente a local Serena Williams, que segue em busca de igualar o recorde de 24 títulos de Grand Slam, da australiana Margaret Court.

No masculino, o austríaco Dominic Thiem elevou seu favoritismo na busca pelo primeiro título de nível Major ao mostrar força contra o canadense Felix Auger-Aliassime. O agora principal cabeça de chave do torneio (após a queda do sérvio Novak Djokovic) venceu por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4), 6/1 e 6/1. Seu próximo adversário, nas quartas de final, será o australiano Alex de Minaur.

As quartas também terá um confronto totalmente russo, entre Andrey Rublev e Daniil Medvedev. Décimo cabeça de chave, Rublev superou o italiano Matteo Berrettini (6º) por 4/6, 6/3, 6/3 e 6/3. Medvedev, terceiro pré-classificado, bateu o local Frances Tiafoe por 6/4, 6/1 e 6/0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.