Taba Benedicto/Estadão
Taba Benedicto/Estadão

Luisa Stefani e Bia Haddad sobem no ranking da WTA

Luisa alcançou o 26º lugar no geral das duplas, o mais alto de uma brasileira desde que o ranking da WTA foi criado, em 1975

Redação, Estadão Conteúdo

05 de abril de 2021 | 10h15

As tenistas Luisa Stefani e Beatriz Haddad ganharam boas posições no ranking da WTA, na atualização desta segunda-feira. Stefani foi vice-campeã nas duplas no WTA 1000 de Miami, nos Estados Unidos, enquanto Bia foi campeã em simples do Torneio de Villa Maria, de nível W25, na Argentina.

Apesar do vice-campeonato, Luisa obteve o resultado mais expressivo da semana. Com a final em Miami, ela obteve seu melhor resultado num torneio do circuito profissional. Na final, ela e a americana Hayley Carter foram superadas pelas japonesas Ena Shibahara e Shuko Ayoama, dupla cabeça de chave número cinco do torneio.

Com o resultado, brasileira e americana subiram para o quarto lugar no ranking de duplas da temporada. No geral das duplas, Luisa alcançou o 26º posto, o melhor de sua carreira até agora e o mais alto de uma brasileira desde que o ranking da WTA foi criado, em 1975.

Bia Haddad, por sua vez, subiu 11 posições e passou a ocupar o 331º lugar. A pontuação obtida no domingo, contudo, ainda não foi computada. Só deve aparecer na próxima segunda. Assim, a brasileira deve ganhar novas colocações, em sua recuperação no circuito, após lesões e suspensão por doping.

Bia é a número três do Brasil atualmente no ranking. A primeira brasileira na lista é Gabriela Cé, na 249ª posição, seguida por Laura Pigossi, no 326º lugar. No masculino, Thiago Monteiro segue como número 1 brasileiro, no 78º posto, ao cair duas posições - ele não entrou em quadra em Miami. Thiago Wild (122º) e João Menezes (200º) aparecem logo atrás.

Entre os primeiros colocados, houve apenas uma mudança no Too 10 da ATP. Mesmo eliminado na estreia em Miami, o alemão Alexander Zverev superou o suíço Roger Federer e alcançou o sexto posto. Federer, que não jogou nos EUA, sustenta o sétimo lugar.

O maior destaque do Top 20 é o polonês Hubert Hurkacz, surpreendente campeão em Miami. Ele saltou 21 posições e aparece agora em 16º, sua melhor posição da carreira até agora. Vice-campeão, o italiano Jannik Sinner ganhou oito postos e aparece no 23º posto, também o melhor da carreira.

No feminino, a australiana Ashleigh Barty manteve a vantagem na ponta ao se sagrar bicampeã em Miami. A grande novidade do Top 10 é a canadense Bianca Andreescu, justamente a vice-campeã do torneio americano. Após desistir da partida no segundo set, ela subiu três posições e agora é a sexta colocada.

A belarussa Aryba Sabalenka subiu para o sétimo posto, enquanto Serena Williams perdeu uma posição (8ª) e a checa Karolina Pliskova caiu três (9ª). A holandesa Kiki Bertens ganhou um lugar e agora fecha o Top 10.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.