Minas Panagiotakis/AFP
Minas Panagiotakis/AFP

Luisa Stefani está na semifinal de duplas no WTA 1000 de Montreal

Brasileira medalha de bronze em Tóquio e a canadense Gabriela Dabrowski superam as favoritas Elise Mertens e Aryna Sabalenka por 2 sets a 0 e avançam no torneio

Redação, Estadão Conteúdo

13 de agosto de 2021 | 20h58

A brasileira Luisa Stefani, número 22 do mundo, e a canadense Gabriela Dabrowski, 15ª colocada, venceram, nesta sexta-feira, a principal dupla do mundo formada belga Elise Mertens, líder do ranking, e a bielorrussa Aryna Sabalenka, quinta colocada, com um duplo 6/2, em apenas 57 minutos, e está na semifinal do WTA 1000 de Montreal, no Canadá

Mertens ganhou este ano com Sabalenka o título do Aberto da Austrália e ao lado da taiwanesa Su Hsieh venceu o torneio de Wimbledon. A belga tem ainda um título do US Open no ano passado, também com Sabalenka.

"Jogo excelente do começo ao fim. Era uma dupla dura e demos conta do recado. Muito feliz com essa vitória. De longe nosso melhor jogo até agora. Entramos bem firmes e agressivas, tanto nos games de saque quanto nos de devolução", disse Luisa.

"Nos entrosamos bem, tínhamos o objetivo de cobrir o meio e sermos mais agressivas nos voleios. Estamos trabalhando nisso e fizemos tudo muito bem. Obviamente a Mertens não estava no melhor dia nos games de saque, mas elas são grandes jogadoras e sempre poderiam voltar ao jogo. Fiquei muito feliz como mantivemos o nível do começo ao fim", concluiu a medalha de bronze na Olimpíada de Tóquio.

Luisa, que vem de final no WTA 500 de San Jose, na Califórnia, na semana passada, busca mais uma final neste sábado diante da dupla Veronika Kudermetova, da Rússia, e Elena Rybakina, do Casaquistão. Luisa derrotou Kudermetova na disputa pelo bronze no Japão. A brasileira jogou com Laura Pigossi e Veronika atuou com Elena Vesnina.

"Precisamos fazer a mesma coisa neste sábado, continuarmos agressivas e concentradas. Teremos mais um jogo duro pela frente. A Kudermetova, eu joguei pelo bronze em Tóquio, e a Rybakina enfrentei várias vezes. Conhecemos elas super bem. Vamos que vamos", completou.

Chave simples

Aryna Sabalenka, de Belarus, venceu a compatriota Victoria Azarenka por 6/2 e 6/4, enquanto a checa Karolina Pliskova passou pela espanhola Sara Sorribes também por 2 a 0: 6/4 e 6/0

No Masters 1000 de Toronto, o grego Stefanos Tsitsipas bateu o norueguês Casper Ruud por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4. Já o norte-americano Reilly Opelka eliminou o espanhol Roberto Bautista também por 2 a 0: 6/3 e 7/6(7/1).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.