Taba Benedicto/Estadão
Taba Benedicto/Estadão

Tenista Luisa Stefani lamenta lesão grave e revela que será operada: 'Passinho a passinho'

Medalhista de bronze na Olimpíada de Tóquio e campeã no ATP de Montreal rompeu o ligamento do joelho na semifinal do US Open

Redação, Estadão Conteúdo

15 de setembro de 2021 | 11h13

Depois de preocupar os brasileiros com sua lesão durante o US Open, Grand Slam disputado em Nova York, a brasileira Luisa Stefani voltou a atualizar os fãs sobre o seu estado de saúde. A tenista utilizou as redes sociais na noite de terça-feira para mostrar que conseguiu andar sem muletas sobre uma esteira ergométrica.

"Meu corpo está recuperando aos poucos, cada dia menos inchaço no joelho, menos dor para movimentar. Passo grande parte do dia fazendo exercícios de reabilitação, fortalecimento, mobilidade, gelo, elevando a perna, enfim, tentando fortalecer o máximo possível para a cirurgia. Vou precisar de tratamento cirúrgico daqui uma semana e meia, duas semanas. Os médicos me pediram um tempinho a mais para deixar baixar o inchaço e deixar o corpo recuperar um pouco sozinho. Mas estou progredindo super bem, hoje consegui andar até sem a muleta, fiquei super feliz", explicou a tenista no vídeo publicado em seu Instagram.

Esse foi o primeiro passo da recuperação da atleta depois da lesão que aconteceu durante a semifinal do US Open, na última sexta-feira. Além disso, Luisa Stefani também informou que vai passar por cirurgia para reconstruir o ligamento cruzado anterior do joelho direito, que se rompeu durante um ponto do tie-break do primeiro set. A brasileira está passando por esse processo todo na Flórida, onde mora, e sua recuperação depois da cirurgia pode demorar entre seis e oito meses.

"Grande parte do processo é mental, é confiar que a perna aguenta. Tô indo passinho por passinho. Agradeço muito todas as mensagens, recomendações e sugestões que muita gente tem me mandado. Desculpa não ter respondido uma por uma ainda. Mas aos poucos vou respondendo e mandando notícias para vocês. Ainda definindo os detalhes e os próximos passos, da cirurgia e do pós cirúrgico, mas tudo encaminhado e indo dentro dos conformes. Brigadão, um beijo e é isso aí", comemorou.

Há cerca de 45 dias, Luisa Stefani conquistou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 ao lado de Laura Pigossi. Em agosto, conquistou o  WTA 1000 de Montreal, no Canadá, ao lado da canadense Gabriela Dabrowski. Atualmente, a tenista brasileira é a 13.ª colocada do ranking mundial nas duplas femininas, sua melhor colocação na carreira. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.