Marat Safin perde e favorece Guga

O tenista russo Marat Safin caiu logo na estréia do Masters Series de Indian Wells, ao perder por 7/5 e 7/5 para o sueco Thomas Johansson e, sem sequer defender os 35 pontos da segunda rodada do ano passado, vai deixar o brasileiro Gustavo Kuerten bem mais tranqüilo, pois não terá sua condição de número 1 ameaçada por, pelo menos, mais duas semanas.Com a derrota de Safin, Guga aumentará sua diferença de pontos sobre o tenista russo. Já passou de 125 para 150 pontos, uma vantagem que o brasileiro pode ampliar ainda mais se fizer boa campanha em Indian Wells.Esta situação de comodidade do brasileiro só irá mesmo mudar na disputa do Masters Series de Miami, que começa dia 20 e vai até 1º de abril. Nesta competição, Guga defende os pontos de finalista do ano passado (350), enquanto Safin só tem cinco pontos para descontar.Além da derrota de Safin, outra surpresa foi a eliminação do australiano Mark Philippoussis que perdeu para uma revelação norte-americana Mardy Fish por 6/4, 6/7 (7/2) e 6/4. Enquanto isso, Yevgeny Kafelnikov superou o chileno Marcelo Rios por 6/4 e 7/5.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.