Marcelo Demoliner vence mais uma e vai às oitavas de final de duplas em Wimbledon

Dupla derrotada havia surpreendido favoritos na primeira rodada

Estadão Conteúdo

07 de julho de 2017 | 10h46

Longe de figurar entre os principais favoritos ao título da chave de duplas masculinas de Wimbledon, diferentemente do que acontece com Marcelo Melo e Bruno Soares e seus respectivos parceiros, Marcelo Demoliner se tornou nesta sexta-feira o primeiro brasileiro a garantir vaga nas oitavas de final desta edição do Grand Slam inglês ao conquistar sua segunda vitória em dois dias em Londres.

Após ter estreado ao lado do neozelandês Marcus Daniell nesta disputa do mais importante torneio de tênis realizado em quadras na última quinta com um triunfo sobre o uruguaio Ariel Behar e o bielo-russo Alexander Bury por 3 sets a 1, na última quinta, Demoliner foi ainda melhor nesta sexta ao derrotar os australianos Thanasi Kokkinakis e Jordan Thompson por 3 a 0, com parciais de 6/4, 7/6 (7/0) e 6/4, após 2h03min de confronto na capital inglesa.

Antes de caírem diante do brasileiro e do neozelandês, a parceria da Austrália havia surpreendido na estreia o holandês Jean-Julien Rojer e do romeno Horia Tecau, que não justificaram a condição de cabeças de chave número 9 ao serem derrotados por triplo 7/6.

Desta vez, porém, Kokkinakis e Thompson pararam na boa atuação de Demoliner e Daniell, que triunfaram depois de terem aproveitado quatro de sete chances de quebrar o saque dos adversários, que converterem dois de cinco break points. E no único set em que nenhuma das duplas obteve quebras, o brasileiro e o neozelandês foram arrasadores no tie-break com uma vitória por 7/0 na segunda parcial.

Assim, Demoliner e Daniell avançaram para enfrentar nas oitavas de final os vencedores do confronto da dupla formada pelo indiano Rohan Bopanna e o francês Edouard Roger-Vasselin contra a parceria dos irmãos britânicos Ken e Neal Skupski. Este jogo também está programado para ser encerrado nesta sexta-feira.

SIMPLES

No único jogo já terminado neste dia de disputas do torneio masculino de simples de Wimbledon, o luxemburguês Gilles Muller confirmou a sua condição de 16º cabeça de chave ao derrotar o britânico Aljaz Bedene por 3 sets a 0, com parciais de 6/4 (7/4), 7/5 e 6/4, e avançar às oitavas de final.

O próximo adversário de Muller será o ganhador da partida entre o espanhol Rafael Nadal, quarto pré-classificado e atual vice-líder do ranking mundial, e o russo Karen Khachanov, também agendado para acontecer nesta sexta. Khachanov ganhou a chance de desafiar o favoritismo de Nadal após eliminar na segunda rodada o brasileiro Thiago Monteiro com uma vitória por 3 sets a 1, na última quarta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.