Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Marcelo Melo e Lukasz Kubot caem nas semifinais de duplas do Masters de Paris

Brasileiro e polonês são derrotas por Hubert Hurkacz e Félix Auger-Aliassime por 2 a 1, parciais de 6/2, 1/6 e 10/5

Redação, Estadão Conteúdo

07 de novembro de 2020 | 09h22

A esperança de Marcelo Melo chegar à final de duplas do Masters de Paris chegou ao fim na manhã deste sábado. Ao lado do polonês Lukasz Kubot, o brasileiro acabou eliminado nas semifinais, diante do polonês Hubert Hurkacz e do canadense Félix Auger-Aliassime, que foram melhores no super tie braker e fecharam a partida em 2 a 1, parciais de 6/2, 1/6 e 10/5.

Na disputa do título, eles podem ter pela frente outra dupla com brasileiro. Bruno Soares e o croata Mate Pavic disputam a outra semifinal do dia, no começo da tarde.

O primeiro set foi muito abaixo da dupla de Melo e definido com quebra do serviço. Sem dificuldades, os rivais aproveitaram o primeiro set point na partida e fecharam em 6/2.

Na segunda parcial. Melo e Kubot voltaram mais ligados e quebraram duas vezes seguidas o serviço para abrir 4 a 0. Com atuação mais agressiva, fecharam a parcial por fáceis 6/1, novamente quebrando o saque dos oponentes. A decisão foi, então, para o super tie braker.

Começaram perdendo o saque e largaram com 3 a 0 de desvantagem. Nova quebra e serviços precisos ampliaram a vantagem para 6 a 1. Nada dava mais certo. Um ponto para cada lado e 7 a 2 para Hurkacz e Auger-Aliassime. Com uma quebra e confirmações, 8 a 5. A possibilidade de virada acabou com serviços garantidos e 10 a 5.

Melo e Kubot já vinham de um duro confronto com Mahut e Herbert, nas quartas de final, no qual ganharam de virada. Os franceses fizeram 7/6 (4) na primeira parcial e caíram por 6/3 no segundo. Depois de equilíbrio até o 8/8, Melo e Kubot fecharam a partida com 10/8 no super tie braker.

Mesmo com a queda nas semifinais em Paris, Melo e Kubot vão disputar o ATP Finals. O encerramento da temporada reúne as oito melhores duplas da temporada entre os dias 15 e 22 de novembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.