Divulgação / ATP
Divulgação / ATP

Marcelo Melo elimina Bruno Soares no torneio de duplas do Masters 1000 de Madri

Torneio espanhol, que dá sequência à temporada europeia no saibro, marca a despedida da dupla Melo e Rojer

Redação, Estadão Conteúdo

03 de maio de 2021 | 10h37

A dupla formada pelo brasileiro Marcelo Melo e o holandês Jean-Julien Rojer estreou com vitória no Masters 1000 de Madrid, nesta segunda-feira, ao vencer o também brasileiro Bruno Soares e o escocês Jamie Murray por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4. O torneio espanhol, que dá sequência à temporada europeia no saibro, cuja principal competição é Roland Garros, a partir do dia 30, marca a despedida da dupla Melo e Rojer.

Na chave de simples, o americano John Isner, 39º do ranking mundial, passou para a próxima rodada ao apostar mais uma vez em seu forte saque na vitória sobre o sérvio Miomir Kecmanovic, 47 do mundo, em dois sets bastante equilibrados: 6/4 e 7/6 (8/6).

Uma surpresa foi registrada no torneio foi a vitória do sul-africano Lloyd Harris, 54 do ranking, sobre o búlgaro Grigor Dimitrov, 17º na lista mundial, em três sets disputados e também decidido no tie break: 6/3, 3/6 e 7/6 (7/5). Em outro jogo da rodada em que os detalhes apontaram o vencedor, o alemão Dominik Koepfer, 53º do ranking, eliminou o americano Reilly Opelka, número 39, com um duplo 6/4.

Melo encara com tranquilidade os últimos atos da parceria. Antes da estreia em Madri, ele jogou o ATP 250 de Munique, na Alemanha. Na próxima semana, vai estar no Masters 1000 de Roma ao lado do croata Marin Cilic. "Vanos que vamos para o nosso último torneio juntos", disse. "Conseguimos jogar muito bem na estreia. Já vínhamos bem nos treinos e conseguimos imprimir isso no nosso jogo. Jogamos bem em momentos importantes. Salvamos um 0/40, um 15/40. Então isso dá muita confiança, especialmente neste momento que estamos passando, de poucas vitórias. Poder jogar assim uma primeira rodada foi realmente muito bom para nós. Espero poder continuar, logicamente da mesma maneirao."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.