Peter Parks/AFP
Peter Parks/AFP

Marcelo Melo mira título inédito em Melbourne

Número 1 do mundo nas duplas, brasileiro disputa protagonismo pelo País com Bruno Soares

Felipe Rosa Mendes, O Estado de S.Paulo

13 Janeiro 2018 | 20h00

Embalado pelo troféu conquistado em Sydney na sexta-feira, Marcelo Melo é a grande aposta do Brasil no primeiro Grand Slam do ano. Ele e seu parceiro, o polonês Lukasz Kubot, lideram os dois rankings de duplas. Foram campeões em Wimbledon e vice no ATP Finals, em 2017. Neste ano, já começaram a temporada com título, em solo australiano.

+ Melo e Kubot vencem final e abrem temporada com título em Sydney

“É muito bom começar o ano com um título. Vamos para Melbourne com bastante confiança e prontos para fazer um bom torneio”, afirmou Melo. No Aberto da Austrália, seu melhor resultado foi a semifinal de 2015. Na temporada passada, caiu nas oitavas de final.

Outro candidato brasileiro a título é Bruno Soares. Ele foi campeão na Austrália em 2016, ao lado de seu parceiro, o britânico Jamie Murray. No ano passado, a dupla foi eliminada na estreia. O brasileiro é o atual número 10 do mundo.

Na chave de simples, o Brasil terá apenas dois representantes: Rogério Dutra Silva e Bia Haddad Maia. O tenista de 33 anos, atual 100.º do ranking, disputará a chave principal pela segunda vez. Na primeira, em 2016, foi até a segunda rodada.

Bia, por sua vez, fará sua estreia como profissional neste Grand Slam. Já Thiago Monteiro e João Souza, o Feijão, caíram ainda no qualificatório. E Thomaz Bellucci cumpre suspensão por doping.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.