Eric Vidal/Reuters
Eric Vidal/Reuters

Marcelo Melo perde para ex-parceiro e é eliminado nas duplas em Roterdã

Agora com Lukasz Kubot, ele cai para a parceria formada pelo croata Ivan Dodig e o norte-americano Rajeev Ram

Estadão Conteúdo

15 de fevereiro de 2018 | 14h46

Marcelo Melo reviu nesta quinta-feira o croata Ivan Dodig e saiu sem ter o que comemorar deste reencontro. Ao lado de Lukasz Kubot, o brasileiro foi surpreendido pelo ex-parceiro e pelo norte-americano Rajeev Ram por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 7/6 (7/5), e caiu nas quartas de final do Torneio de Roterdã, na Holanda.

+ Após cair na estreia em Doha, Sharapova alga lesão e desiste de jogar em Dubai

+ Thomaz Bellucci perde de virada para argentino e cai nas oitavas em Buenos Aires

Melo e Kubot eram cabeças de chave número 1 e grandes favoritos ao título em Roterdã, mas não resistiram a Dodig, número 8 do ranking de duplistas, e Ram, 22.º do mundo. Agora, o brasileiro e o polonês vão para o Rio de Janeiro, onde vão disputar o Rio Open a partir da semana que vem.

Apesar do placar apertado, Melo e Kubot foram dominados pelos rivais na maior parte do confronto. O brasileiro e o polonês sequer conseguiram um break point no primeiro set e foram quebrados em uma das cinco oportunidades que Dodig e Ram tiveram.

Na segunda parcial, o brasileiro e o polonês até conseguiram confirmar uma quebra, mas também tiveram o saque quebrado e viram o duelo ir para o tie-break. Nele, abriram 4 a 0 de vantagem e pareciam perto da vitória, mas tomaram a virada e acabaram eliminados.

Melhor para Dodig e Ram, que seguem firme na busca pelo título e avançaram às semifinais. Agora, eles vão enfrentar o vencedor do confronto dos franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut, cabeças de chave número 3, com o também francês Lucas Pouille e o russo Karen Khachanov.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisMarcelo Melo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.