Marcelo Melo vence e avança à semifinal de duplas do Masters de Xangai

Embalados pela conquista do Torneio de Tóquio, o brasileiro Marcelo Melo e o sul-africano Raven Klaasen garantiram vaga nas semifinais da chave de duplas do Masters 1000 de Xangai, nesta sexta-feira, com uma vitória sobre o polonês Marcin Matkowski e o sérvio Nenad Zimonjic por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4, em apenas 53 minutos.

Estadão Conteúdo

16 de outubro de 2015 | 10h24

Em grande fase, Melo vem jogando com Klaasen desde a semana passada porque o croata Ivan Dodig, parceiro habitual do tenista mineiro, optou por disputar torneios de simples nesta reta final da temporada para recuperar seu ranking na ATP.

E agora Melo e Klaasen já acumulam seis vitórias em seis jogos neste início de parceria entre os dois no circuito profissional. Agora, em jogo que valerá vaga na decisão na China, o brasileiro e o sul-africano irão enfrentar neste sábado o indiano Rohan Bopanna e o polonês Lukasz Kubot, que nesta sexta derrotaram o espanhol Feliciano López e o bielo-russo Max Mirnyi por 2 sets a 0, com 6/2 e 6/4.

Cabeças de chave número 6 da chave de duplas em Xangai, Melo e Klaasen foram absolutos diante de Matkowski e Zimonjic no duelo desta sexta. Sem oferecer nenhuma chance de quebra de saque aos adversários, eles ainda aproveitaram três de sete break points para encaminhar o triunfo em sets direitos.

Para se ter uma ideia do domínio de Melo e Klaasen quando sacaram no confronto, eles ganharam nada menos do que 23 dos 24 pontos que disputaram quando encaixaram o primeiro serviço, assim como venceram 72% dos pontos que travaram quando precisaram usar o segundo saque.

A outra semifinal de duplas em Xangai também já está definida. E uma das parcerias classificadas para esta fase é a formada pelo canadense Daniel Nestor e o francês Edouard Roger-Vasselin, que nesta sexta superaram os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah por 6/3 e 6/4. Os seus adversários na luta por uma vaga na decisão serão os italianos Fabio Fognini e Simone Bolelli, que avançaram por W.O. às semifinais por causa da desistência da dupla francesa formada por Nicolas Mahut e Pierre-Hugues Herbert.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.