Marcelo Melo vence na estreia e avança às quartas em Cincinnati

Bruno Sares e Alexander Peya caem para campeões de Wimbledon

Estadão Conteúdo

20 Agosto 2015 | 20h14

O tênis brasileiro teve uma vitória e uma derrota nesta quinta-feira no Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos. Em boa fase na temporada e de olho em uma boa campanha no US Open, Grand Slam em Nova York que começará no próximo dia 31, Marcelo Melo venceu em sua estreia na chave de duplas e avançou às quartas de final. Já Bruno Soares foi eliminado nas oitavas.

Junto com o croata Ivan Dodig, Marcelo Melo forma a segunda melhor dupla da temporada de 2015 - só atrás dos irmãos gêmeos norte-americanos Mike e Bob Bryan. Nesta quinta, os dois estrearam contra os norte-americanos Sam Querrey e Steve Johnson e venceram em dois tie-breaks idênticos - parciais de 7/6 (7/4) e 7/6 (7/4), em 1 hora e 26 minutos de partida.

 

Nesta sexta-feira, Melo e Dodig disputarão as quartas de final contra o indiano Rohan Bopanna e o romeno Florin Mergea, cabeças de chave número 5 e sexta melhor dupla na corrida para o ATP Finals, em Londres, em novembro.

Já Bruno Soares, ao lado do austríaco Alexander Peya, que estão em oitavo lugar na temporada, tiveram o embalo freado pela dupla formada pelo holandês Jean-Julien Rojer e pelo romeno Horia Tecau, atuais campeões de Wimbledon. Na semana passada, no Masters 1000 de Montreal, no Canadá, Soares e Peya venceram os rivais e só caíram nas semifinais. Desta vez, a parceria cabeça de chave 3 em Cincinnati ganhou por 2 sets a 1 - com parciais de 6/4, 3/6 e 11 a 9 no match tie-break, após 1 hora e 25 minutos.


Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.