Marcos Daniel e Thiago Alves vão às oitavas em Curitiba

Dois dos melhores tenistas do Brasil na atualidade estrearam com vitória nesta terça-feira e avançaram às oitavas de final do Challenger de Curitiba. Número 2 do País, Marcos Daniel arrasou o compatriota André Ghem, vencendo por 2 sets a 0 (6/1 e 6/0). Já Thiago Alves encontrou mais dificuldade, mas derrotou o marroquino Reda El Amrani por 2 sets a 1 (6/4, 3/6 e 7/5).

AE, Agência Estado

20 de abril de 2010 | 22h46

Daniel comemorou muito a vitória no saibro paranaense, se comparando até ao espanhol Rafael Nadal, atual número 3 do mundo. "Hoje (terça-feira) tive um dia de Nadal na minha vida. Saiu tudo perfeito", afirmou o brasileiro, que agora encara o peruano Ivan Miranda. "Ele é jogador de muita habilidade e especialista em saibro. Espero ter a mesma confiança para continuar avançando."

Alves, por sua vez, admitiu que não esteve em seus melhores dias. "Foi um jogo tenso. Felizmente, no finalzinho, melhorei e consegui quebrar o saque dele. Isso me devolveu a confiança", disse o tenista. Nas oitavas, ele pega o argentino Carlos Berlocq. "O Berlocq é um jogador mais experiente e que joga bem neste tipo de piso. Espero entrar mais concentrado", concluiu.

Outros quatro brasileiros, porém, perderam logo na estreia. Destaque no início do ano, com o título juvenil do Aberto da Austrália, Tiago Fernandes caiu para o alemão Domink Meffert por 2 a 0 (6/0 e 7/5). "Jogar neste tipo de torneio e treinar com jogadores mais experientes é muito bom para ter uma transição menos traumática para o profissional", valorizou o tenista de 17 anos após a derrota.

Além de Fernandes, João Souza, que recentemente conquistou o Challenger de Bogotá, não resistiu ao argentino Diego Junqueira, perdendo por 2 a 0 (6/4 e 6/3). Marcelo Demoliner também perdeu para o italiano Simone Vagnozzi por 2 a 0(6/4 e 6/3), enquanto Júlio Silva cedeu a virada ao espanhol Guillermo Alcaide e foi derrotado por 2 a 1 (3/6, 6/4 e 6/3).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.