Nabor Goulart/AP
Nabor Goulart/AP

Marcos Daniel vence, e Brasil sai na frente na Davis

Tenista brasileiro derrota o equatoriano Giovanni Lapentti por 3 sets a 1, em Porto Alegre

AE, Agencia Estado

18 de setembro de 2009 | 21h03

O Brasil saiu na frente no confronto com o Equador pela repescagem da Copa Davis nesta sexta-feira. Jogando em Porto Alegre, o gaúcho Marcos Daniel não decepcionou a torcida e venceu Giovanni Lapentti por 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/3), 3/6, 7/6 (7/4) e 6/2.

 

Veja também:

especialTodas as notícias sobre a Copa Davis de tênis

Com a vitória, a equipe brasileira marcou 1 a 0 na série melhor-de-cinco em busca do retorno ao Grupo Mundial da Davis. O segundo confronto será disputado ainda nesta sexta-feira, novamente no Ginásio Gigantinho. O paulista Thomaz Bellucci terá pela frente o experiente Nicolas Lapentti, irmão mais velho de Giovanni.

Ao fim do jogo, o brasileiro agradeceu o apoio dos torcedores e admitiu a dificuldade da partida. "A torcida ajudou. O segundo set foi muito difícil, mas consegui chamar a galera pro jogo e buscar a vitória", disse o tenista, natural de Passo Fundo. "Até me emocionei. Era um sonho jogar aqui no Gigantinho e, apesar de não ter me sentido tão solto, tive muita raça".

Número 56 do mundo, Daniel se referiu ao seu nervosismo no início da partida, quando gerou boas oportunidades para o adversário, número 211.º do ranking da ATP. O equatoriano teve quatro chances para quebrar o saque do brasileiro, mas não conseguiu converter os pontos. Daniel só respondeu no final do primeiro set, com três break points, também desperdiçados. A decisão da parcial foi para o tie break, onde o anfitrião foi superior.

Lapentti reagiu no set seguinte e aproveitou os erros do adversário para faturar a primeira quebra da partida e igualar o placar. Na terceira parcial, os dois tenistas voltaram a abusar dos erros e decidiram novamente no tie break. Marcos Daniel mostrou bom aproveitamento nos pontos decisivos e ficou novamente à frente no placar ao abrir 2 sets a 1.

O quarto e último set foi o mais tranquilo para o brasileiro. Ele faturou 82% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço e obteve duas quebras de saque, abrindo uma boa vantagem no marcador e fechando após 3h34min de confronto.

O jogo de Daniel será seguido pela partida de Bellucci, ainda nesta sexta. O terceiro confronto será disputado no sábado. Os mineiros Marcelo Melo e André Sá vão enfrentar os irmãos Lapentti no único jogo do dia, a partir das 14 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.