Maria Sharapova passa por Lisicki e vai às oitavas do US Open

Por 2 sets a 0, russa número seis do ranking se classifica com tranquilidade e enfrentará Caroline Wozniacki na próxima fase

Estadão Conteúdo

30 de agosto de 2014 | 09h28

Cabeça de chave número 5, a russa Maria Sharapova desta vez foi soberana e, diferentemente do que aconteceu na segunda rodada, não teve trabalho para avançar no US Open. Na noite de sexta-feira, ela passou por 2 sets a 0 pela alemã Sabine Lisicki, com parciais de 6/2 e 6/4, em 1h31min, e garantiu vaga nas oitavas de final do Grand Slam norte-americano.

Sharapova vinha de um duelo surpreendentemente difícil diante da romena Alexandra Dulgheru, no qual saiu atrás e precisou de seu melhor tênis para voltar ao jogo. Na sexta-feira, no entanto, ela já começou mostrando toda sua superioridade e arrancou para uma vitória relativamente tranquila.

Apesar do resultado, os dois sets foram equilibrados, principalmente porque Sharapova tinha muitas dificuldades no serviço. No primeiro, foram cinco duplas faltas dela, mas Lisicki, cabeça de chave número 26, não soube aproveitar e sequer conseguiu uma quebra. A russa confirmou dois dos três break points que teve e venceu.

Na segunda parcial, Sharapova foi ainda pior no saque. A russa, que não acertou nenhum ace ao longo do jogo, cometeu três duplas faltas e foi quebrada em três oportunidades. A sorte dela é que Lisicki também não estava segura quando servia e cedeu quatro quebras, o suficiente para que a número 6 do ranking da WTA garantisse o triunfo.

Agora, Sharapova terá pela frente a ex-número 1 do mundo e cabeça de chave número 10 Caroline Wozniacki, que passou na terceira rodada pela alemã Andrea Petkovic. Será o oitavo confronto entre elas no circuito da WTA, com vantagem para a russa, que derrotou a dinamarquesa em cinco oportunidades. A última vitória de Wozniacki aconteceu em 2011.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisUS OpenMaria Sharapova

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.