Kimimasa Mayama/EFE
Kimimasa Mayama/EFE

Maria Sharapova sofre lesão e abandona Torneio de Tóquio

Tenista russa torceu o tornozelo esquerdo e deixou o jogo contra Petra Kvitova

AE, Agência Estado

29 de setembro de 2011 | 09h21

TÓQUIO - A russa Maria Sharapova foi eliminada nesta quinta-feira nas quartas de final do Torneio de Tóquio ao abandonar a partida contra Petra Kvitova ainda no primeiro set. A tenista checa liderava a primeira parcial por 4/3, quando a número 2 do mundo torceu o tornozelo ao sacar no oitavo game.

"Eu dei um saque e depois caí de jeito estranho no meu tornozelo esquerdo", disse Sharapova, que foi a um hospital para realizar ressonância magnética. "Eu senti uma dor forte e logo em seguida estava no chão. Ele inchou imediatamente e eu sabia que não havia nenhuma chance de poder continuar".

O duelo em Tóquio era a repetição da final deste ano de Wimbledon, vencida por Kvitova (6/3 e 6/4). "É triste porque nós duas estávamos jogando muito bem", disse a checa. "Foi um grande jogo, mas eu pude ver que realmente foi grave. Espero que ela fique bem".

Nas semifinais, Kvitova vai enfrentar a russa Vera Zvonareva, número 4 do mundo, que derrotou a compatriota Maria Kirilenko por 2 sets a 0, com um duplo 6/3. "Eu já joguei com ela três vezes, a última vez em Madrid no saibro quando eu venci", disse a checa. "Ela é um jogador muito boa. Ela tem um saque forte e bate bem a bola por isso vai ser um jogo difícil".

Zvonareva ampliou a sua vantagem no confronto direto com Kirilenko para 6 a 0 e terminou a partida desta quinta-feira com cinco aces. "Estou muito feliz porque meu saque me ajudou hoje", disse. "O primeiro serviço foi bom e mesmo meu segundo serviço lhe causou alguns problemas, e isso fez uma grande diferença".

Em Tóquio, Kirilenko eliminou a australiana Samantha Stosur, campeã do US Open, e a sérvia Ana Ivanovic, mas sofreu com o seu saque diante de Zvonareva e teve o serviço quebrado três vezes. "Maria é uma grande jogadora e uma grande lutadora e provou isso ao vencer duas adversários difíceis em seu caminho para as quartas de final", disse Zvonareva. "Não há nenhum segredo para batê-la. Eu apenas tentei fazer alguns disparos que lhe causassem algum desconforto e fui capaz de fazer isso".

A outra semifinal do Torneio de Tóquio também foi definida nesta quinta-feira. A bielo-russa Victoria Azarenka, número 3 do mundo, avançou ao derrotar a francesa Marion Bartoli por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/0. Sua próxima adversária será a polonesa Agnieszka Radwanska, 13ª colocada no ranking da WTA, que derrotou a estoniana Kaia Kanepi, algoz de Caroline Wozniacki, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/6 (9/7).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.