Mariano Puerta vai à semifinal no Rio

Vice-campeão de Roland Garros e esperando o anúncio da sentença seu julgamento por doping, o tenista argentino Mariano Puerta demonstrou estar bastante tranqüilo e garantiu um lugar nas decisão do Desafio Petrobrás de Tênis Internacional, na praia de Copacabana, ao derrotar o compatriota Juan Ignacio Chela por 6/3 e 6/4. O adversário de Puerta na final desta sexta-feira sairá do jogo entre Gustavo Kuerten e Ricardo Mello.Puerta estava programado para enfrentar Nicolas Kiefer. Mas momentos antes da partida, o tenista alemão pediu para ser substituído, por causa de uma indisposição estomacal. Atencioso, foi até a quadra e pediu desculpas ao público por não se sentir em condições de jogar.Chella está no torneio como reserva e, por ironia, poderia ser o substituto do próprio Puerta, que em razão da ameaça de punição, poderia estar impedido de jogar. A partida entre os argentinos foi bem disputada e, curiosamente, o bom público em Copacabana, nesta quinta-feira à noite, estava torcendo por Mariano Puerta.

Agencia Estado,

08 de dezembro de 2005 | 21h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.