Eduardo Nicolau/AE - 26/11/2000
Eduardo Nicolau/AE - 26/11/2000

Martina Hingis descarta mais um retorno ao tênis profissional

Ex-número 1 do mundo, suíça disse que não seguirá o mesmo destino de Kim Clijsters e Justine Henin

AE, Agencia Estado

20 de outubro de 2009 | 08h56

A suíça Martin Hingis, afastada do circuito profissional de tênis desde 2007, disse que não voltará às quadras. A ex-número 1 do ranking afirmou não pretende seguir os passos de Kim Clijsters e Justine Henin, que retornaram depois de anunciar aposentadoria.

"Não, não, e com certeza não", disse Hingis ao jornal francês L''Equipe. "Não dá para simplesmente estalar os dedos e dizer ''vamos lá jogar o Aberto da Austrália''", afirmou a suíça, que já retornou de aposentadoria uma vez, em 2006, depois de parar em 2003.

Hingis encerrou a carreira em 2007 depois de ser flagrada em exame antidoping por uso de cocaína. Desde 1.º deste mês, ela está livre para jogar novamente, depois de cumprir dois anos de suspensão.

Em sua turbulenta carreira, a suíça conquistou 43 títulos, sendo cinco de Grand Slam - foi tricampeã na Austrália (1997, 1998 e 1999), campeã em Wimbledon (1997) e no Us Open (1997), além de duas vezes vice em Roland Garros (1997 e 1999).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.