Médico diz que Guga vai surpreender

Como uma das maiores autoridades mundiais em cirurgia do quadril, o médico Marc Philippon, que operou Gustavo Kuerten, em 21 de setembro do ano passado, em Pittsburgo, nos Estados Unidos, vai estar nesta quinta-feira em São Paulo. Participará de um congresso de atualização de lesões no quadril e vai, inclusive, realizar uma cirurgia de quadril, ao vivo. Para não perder a viagem, Philippon irá ainda analisar os últimos exames realizados por Guga. Mas o médico brasileiro, Rogério Teixeira, que acompanhou a cirurgia no tenista e tem estado com Guga freqüentemente, já antecipou boas notícias. "Estive examinando o Guga na terça-feira e ele está muito bem. Vocês irão se surpreender ao verem como o Guga está forte".Teixeira tem em mãos os mais recentes Raios X do quadril de Guga e vai apresentá-los esta tarde para Marc Philippon. Mas também como um especialista em atletas, o médico brasileiro revelou que em sua avaliação tudo está muito bem com o tenista. "O Guga está fazendo apenas certos trabalhos de adaptação, de velocidade", contou Teixeira. "Está jogando set e vem se preparando bem para sua volta."O contato de Rogério Teixeira com Marc Philippon terá de ser rápido. Nesta quinta-feira à noite, o médico brasileiro viaja para Indian Wells, onde participará de um congresso com outros especialistas em medicina esportiva. Teixeira tem sido convidado para diversos eventos médicos da ATP. Marc Philippon também estará no mesmo congresso em Indian Wells. Só que antes disso será uma das principais autoridades deste encontro no Brasil.Além de realizar uma cirurgia ao vivo, dará também palestras e ficará em São Paulo até sábado. Não programou qualquer visita a Guga em Florianópolis e nem espera a vinda do jogador a São Paulo. Pelo que se sabe, quer apenas analisar os últimos exames.Volta - Guga continua treinando em Florianópolis com o ex-tenista e companheiro dos tempos de juvenil, Marcelo Rebello, o Cascata. Faz também fisioterapia com Mariângela Lima e vem cumprindo uma rotina que poderá deixá-lo em boas condições de voltar ao circuito no dia 4 de abril, em Valência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.