Luca Bruno/AP
Luca Bruno/AP

Medvedev salva dois match points, ganha de Sinner e avança invicto no ATP Finals

Russo derrota o italiano por 6/0, 6/7 (5/7) e 7/6 (10/8) e espera o vencedor de Andrey Rublev e Casper Ruud para saber o adversário da semifinal

Redação, Estadão Conteúdo

18 de novembro de 2021 | 21h04

O russo Daniil Medvedev sofreu mais que o esperado para defender sua invencibilidade no ATP Finals, em Turim. Jogando contra o jovem e talentoso italiano Jannik Sinner, de 20 anos, substituto do compatriota Matteo Berrettini, que havia abandonado a competição por contusão, o número 2 do mundo precisou salvar dois match points antes de fechar a partida por 6/0, 6/7 (5/7) e 7/6 (10/8).

Sinner substituiu Berretini na segunda rodada e já estreou com bela vitória sobre Hubert Hurcakz, por 2 a 0. Para ter chances de ir às semifinais, tinha de torcer para o polonês bater o alemão Alexander Zverev nesta quinta-feira e ainda ganhar do número 2 do mundo.

Mas o alemão ganhou na abertura da rodada do dia de Hurcakz, por 6/2 e 6/4, e a partida contra Medvedev virou apenas um amistoso. O russo, com duas vitórias, já tinha o primeiro lugar garantido e Zverev estava classificado para enfrentar Novak Djokovic, sábado, por vaga na final.

Cumprindo tabela, Medvedev parecia ter um treino de luxo em Turim antes de encarar o vencedor de Andrey Rublev e Casper Ruud (jogam nesta sexta-feira), ao aplicar logo um pneu no primeiro set sobre Sinner.

A história do jogo, porém, mudou de patamar a partir do segundo set. Mais solto em quadra, Sinner chegou a abrir 3 a 1 ao quebrar o saque do russo no quarto game. Sofreu a resposta imediata e a decisão foi para o tie-break. Troca de pontos até 5 a 5, quando somou nova quebra. Daí foi só o italiano aproveitar o saque e fechar em 7/6 (7/5).

Sinner seguiu jogando bem no terceiro e decisivo set, abrindo 4 a 2 e uma quebra de vantagem. Não soube aproveitar, porém, e nova decisão no tie-break. Perdia por 3 a 1 e 5 a 3, quando se impôs e virou para 6 a 5. Mas não aproveitou o match point. Teria outra oportunidade no 8 a 7 e mais uma vez falhou. Levou três pontos seguidos e caiu com 10/8.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.