Meligeni eleva astral da equipe

Experiente em confrontos de Copa Davis, o novo capitão brasileiro Fernando Meligeni procura fazer as coisas fáceis para o time brasileiro que busca sua primeira vitória na competição, desde setembro de 2002, quando venceu o Canadá e depois iniciou uma série de fracassos por causa do boicote. Para evitar surpresas diante de um adversário que tem todos seus jogadores acima dos 400 do ranking mundial, Fininho quer elevar o astral de seus jogadores - Ricardo Mello, Flávio Saretta, André Sá e Bruno Soares - e não mostra muitas preocupações com o maior inimigo dos brasileiros: a altitude de 2,6 mil metros de Bogotá, que vai dificultar muito o controle da bola e afeta a resistência física. "O time todo já está bem adaptado", disse Meligeni nesta terça-feira, depois de três dias de treinamentos, alguns deles prejudicados pelas chuvas, no Clube Campestre El Rancho. "As quadras são muito boas, com velocidade normal e a central é bem bonita, com capacidade para três mil pessoas." O Brasil parte como favorito para ir a segunda rodada do Grupo II do Zonal Americano. Só que, além de dificuldades com a altitude, tem a responsabilidade de representar um novo momento no tênis brasileiro, com o fim do boicote e a volta dos melhores ao time, exceção apenas de Gustavo Kuerten, ainda em recuperação da cirurgia.Na Colômbia, o confronto ainda não despertou muito interesse, ainda mais com a ausência de Guga. Para complicar, os colombianos estão desfalcados de seu melhor jogador, Alejando Falla. E o ranking dos atuais integrantes do time não é mesmo animador. Palbro Gonzalez é o número 432, Michael Quintero, 459, Oscar Sanchez, 857, e Sérgio Ramirez é o 934 da ATP, mas sem grandes experiências em torneios internacionais.No time brasileiro, até mesmo o juvenil Bruno Soares está mais bem colocado, ocupando a posição de número 347, enquanto Ricardo Mello é 54, Flávio Saretta, 135, e André Sá é 157. Meligeni ainda não confirma a formação da equipe, mas não deve fugir de ter Mello e Saretta nas simples e Saretta com Sá na dupla.O sorteio dos jogos será na quinta-feira, com jogos de sexta-feira a domingo. Se o Brasil vencer, enfrentará na segunda rodada o vencedor de Bahamas e Antilhas Holandesas, de 15 a 17 de julho.Neste fim de semana também será disputada a primeira rodada do Grupo Mundial, com Eslováquia x Espanha, Suíça x Holanda, Austrália x Áustria, Argentina x República Checa, Rússia x Chile, França x Suécia, Romênia x Bielo Rússia, e Estados Unidos x Croácia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.