Meligeni lamenta derrota em Wimbledon

Animado com a boa estréia no torneio de Wimbledon (derrotou Guillermo Coria por 3 sets a 2), Fernando Meligeni tinha grandes esperanças de voltar a encontrar-se com Andre Agassi numa terceira rodada de um Grand Slam, assim como aconteceu recentemente em Roland Garros. Mas não deu sorte e acabou sendo eliminado pelo chileno Nicolas Massu por 3 sets a 2, parciais de 6/4, 26, 7/6 (7/2), 6/7 (7/3) e 6/3, em mais de três horas de jogo. Meligeni lamentou bastante a derrota. Sentiu que desperdiçou uma boa chance de avançar no torneio, mesmo numa quadra de grama, que não é sua especialidade. Diante de um adversário que também não se sente muito bem nesta superfície, equilibrou a partida e poderia ter vencido. Faltou um pouco mais de sorte e condições de reagir no quinto set.Justamente depois de ter empatado o jogo por 2 a 2, iniciou sacando a última série e cedeu o serviço logo no primeiro game. Não se recuperou mais. Em um dia de muitas emoções no torneio, apesar de interrupções de alguns jogos por causa das chuvas em Londres, o norte-americano Andre Agassi fez a festa da torcida na quadra central ao vencer facilmente mais um jogo. Marcou 6/2, 6/4 e 6/3 em Jamie Delgado, britânico de origem espanhola, e com a classificação para a terceira rodada de Wimbledon, Agassi coloca-se agora nove pontos à frente do brasileiro Gustavo Kuerten na lista da corrida dos campeões. No ranking mundial, Guga também pode perder a liderança, tanto para Agassi como para o russo Marat Safin. Em boas condições de conquistar o título também está o russo Yevgeny Kafelnikov. Aos 27 anos, disse estar no momento certo da carreira de buscar outro Grand Slam, depois de já ter vencido em Roland Garros e no Aberto da Austrália. "Estou muito determinado e acredito ter muitas chances de ser o campeão", garantiu o tenista russo, um jogador realmente capaz de levantar o troféu no All England Club. Em outros jogos, o australiano Lleyton Hewitt sofreu para vencer o norte-americano Taylor Dent, por 3 sets a 2, parciais de 1/6, 7/5, 6/3, 6/7 (7/2) e 6/3. Dent. No tiebreaker do quarto set estabeleceu novo recorde de velocidade de saque no torneio ao sacar a 144 milhas por hora, pouco mais de 240 km/h. O também australiano Patrick Rafter, um dos preferidos da torcida, derrotou o checo Slava Dosedel por 7/5, 4/6, 6/4 e 6/1. Entre as mulheres, a norte-americana Lindsay Davenport com outra boa atuação ao derrotar a australiana Alicia Molik por 6/4 e 6/2, comprovou ser uma das mais fortes candidatas ao título, apesar de toda badalação em cima de Jennifer Capriati. A grandalhona Davenport, agora em invejável forma, passou para a terceira rodada. A campeã do ano passado, Venus Williams passou fácil pela eslovaca Daniela Hantuchova por 6/3 e 6/2, enquanto Amelie Mauresmo ganhou da grega Eleni Danilidou por 6/3 e 6/2.

Agencia Estado,

28 de junho de 2001 | 17h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.