Meligeni procura dupla para Copa Davis

?Estamos procurando uma dupla de tenistas para atuar pelo Brasil na Copa Davis contra o Peru em fevereiro, fora do País. Oferecemos bom ambiente de trabalho. Tratar com Fernando Meligeni.? O aviso partiu do capitão. Jogos de duplas em confrontos de melhor-de-cinco partidas da Davis costumam ser decisivos. Contra o Uruguai, em Montevidéu, no fim de semana retrasado, Gustavo Kuerten acabou entrando na última hora, ao lado de André Sá, para jogar e fazer 2 a 1 para o Brasil.Flavio Saretta havia perdido um jogo teoricamente fácil em simples no dia anterior contra Pablo Cuevas e a situação ficou difícil. Segundo Meligeni, Guga colaborou, se colocando à disposição e o capitão logo aprovou. Guga e Meligeni ganharam cinco títulos de ATP em duplas na carreira ? em Santiago, em 1996; em Estoril, Bologna e Stuttgart, em 1997; e em Gstaad, em 1998. Para o quarto jogo, Ricardo Mello entrou também no lugar de Saretta e fez o ponto que colocou o País na Segunda Divisão.O problema é que a equipe do Peru é teoricamente mais forte que a uruguaia. Luis Horna é 88.º em duplas e 64.º em simples. ?Joguei lá contra o Peru em 1994 e sei como é. Fizeram ameaças à nossa equipe, colocaram o piso o mais pesado possível. O Jaime Yzaga também jogava muito, eu estava começando na equipe e perdi o jogo.? O Brasil perdeu o confronto (3 a 2) recordava Meligeni na sexta-feira, depois de dar uma clínica no World Tennis Cup, na Meyer Tennis. Derrota agora está fora de cogitação.Ricardo Mello ? O brasileiro estréia no ATP de Metz nesta segunda-feira, às 14h30, diante do russo Nikolay Davydenko, número 7 do ranking de entradas da ATP.

Agencia Estado,

02 de outubro de 2005 | 17h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.