Mello cai na estréia em Wimbledon

O tênis brasileiro teve vida curta no Torneio de Wimbledon de 2005. Único representante do País na competição, Ricardo Mello perdeu logo na estréia para o quase desconhecido britânico David Sherwood, por 6/3, 6/4 e 6/4. Curiosamente, a partida de Mello foi a primeira a terminar do torneio masculino no dia de abertura dos jogos no All England Club. Se servir como consolo, Mello levou um prêmio de cerca de US$ 15 mil só pela participação em Wimbledon. Seu adversário, Sherwood, de 25 anos e apenas o número 260 do ranking mundial, comemorou a maior vitória de sua carreira, que jamais apresentou resultados significativos.Cabeça-de-chave número 3, o australiano Lleyton Hewitt, foi bem estréia. Sem muita dificuldade, derrotou o belga Christophe Rochus em três sets, parciais de 6-3, 6-3 e 6-1. Vencedor em Wimbledon em 2002, Hewitt, vai enfrentar na próxima rodada o vencedor doconfronto entre o checo Jan Hernych e o norte-americano James Blake.No Feminino, a argentina Mariana Diaz-Oliva derrotou a britânica Anne Keothavong (6-3 e 6-4). A russa Elena Likhovtseva eliminou a israelense Anna Smashnova (6-2 e 6-2) e a servia Jelena Jankovic passou pela russa Anna Chakvetadze (6-4 e 6-2).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.