Mello cai para alemão e perde final em Curitiba

O brasileiro Ricardo Mello não conseguiu neste domingo confirmar o título do Challenger de Curitiba. Na decisão diante do alemão Dominik Meffert, o número 3 do País perdeu por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 6/7 (3/7) e 6/2. Mesmo assim, Mello garantiu a volta ao top 100 do ranking mundial.

AE, Agência Estado

25 de abril de 2010 | 19h48

Com a classificação à final no saibro paranaense, o tenista de 29 anos voltará a figurar entre os 100 melhores do mundo após quase quatro anos e meio. Em 2005, Mello obteve o seu melhor ranking na ATP, e chegou a aparecer na 50.ª posição.

Além do título em Curitiba, Mello também buscava neste domingo igualar o recorde de torneios challenger conquistados por um brasileiro, que hoje pertence a Marcos Daniel. Na semana passada, Daniel venceu em Blumenau e chegou a 12 taças. Já Mello tem 11 conquistas na carreira.

Terceiro cabeça de chave, o tenista paulista tinha todo o favoritismo na final, já que Meffert é apenas o atual número 233 do mundo. Além disso, Mello vinha de vitória nas semifinais sobre o compatriota Thiago Alves, número 5 do País, enquanto o alemão havia avançado com a desistência de Marcos Daniel.

Mas Mello não esteve bem na decisão. O tenista sofreu para conquistar o empate na capital paranaense e depois evidenciou o seu desgaste físico no terceiro e decisivo set, sendo superado com facilidade por Meffert.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.