Mello: "Demorei para encontrar o jogo"

Há mais de seis meses sem jogar uma partida em quadras de saibro, Ricardo Mello sofreu na sua estréia do Brasil Open. Ganhou do espanhol Albert Montañes, por 3/6, 6/4 e 6/4, mas precisou de alguns ajustes em seu jogo para não ser surpreendido logo na estréia."Precisei dar um passo para trás, para avançar no torneio", concordou Mello, que por vir jogando sempre em quadras mais rápidas, teve de se adaptar ao piso de saibro da Costa do Sauípe. "Se continuasse jogando da maneira que estava no primeiro set, fatalmente perderia o jogo por 2 a 0." Passada a estréia, Mello acredita que a adaptação será mais tranqüila. Nesta quarta-feira, enfrenta o argentino Martin Vasalo Arguello, em busca de uma vaga nas quartas-de-final do Brasil Open.

Agencia Estado,

15 de fevereiro de 2005 | 23h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.